segunda-feira, 22 de março de 2010

Ahhhh, o AMOR!

É verdade, todos nós sempre buscamos uma explicação fidedigna para representar esse sentimento tão inexplicavél que é o amor.

Ultimamente venho com esse "problema" desde os meus 14 para 15 anos, onde comecei conhecer e a sentir de verdade coisas relacionadas a ele, como: paixão, gostar de uma outra pessoa e etc...

Muitos não tem paciência e desistem, mas pensando comigo mesmo acho interessante trazer essa discussão até pq quando as pessoas expõe suas causas podemos chegar a algo comum ou então entrar em novos questionamentos que nem imaginávamos e que estão ligados a isso.

Gente como é complicado encontrar o amor, digo ele na relação homem-mulher, homem-homem e mulher-mulher. E outra pergunta que uma vez eu mais uma amiga minha nos questionamos era quando exatamente estamos amando ou estamos apaixonados??´Acho que isso e um outro tópico que não vem em questão.

Amar... Ohh coisa tão boa mas tão difícil de se chegar!

Nessas ultimas 2 semanas estou ficando louco, no inicio do mês passei um perrengue com término de uma relacionamento de quase 8 meses (7 meses e 2 semanas) que abalou literalmente as minhas estruturas!

Fiquei sem comer, chorei horrores, não fui trabalhar, não consegui estudar e assim... para não ser tão dramático mas sendo, realmente estava em um estado vegetativo.
E assim diante dessa situação e dos outros relacionamentos, assim como diante das experiências de pessoas próximas me perguntei: Pq amar torna-se uma cisa tão especial e essencial em nossas vidas? Nascemos sozinhos (mesmo sendo gémeos, trigêmeos), temos nossas particularidades mas pq não conseguimos viver só, isolados... (claro que tem casos e casos).

Meu coração ao mesmo tempo que esta machucado implora por amor. Vc ser amado, amar lhe dar uma injeção de ânimo que lhe faz olhar para as coisas com um visão ao mesmo tempo que "racional" e com poucos julgamentos prévios.

REALMENTE O AMOR MOVE MONTANHAS E MUDA A VIDA DE QUALQUER UM QUE SENTE ELE EM SEU ESTADO MAIS LITERAL.

O que é o amor, é gostar? é sentir carinho pelo outro? e pode escutar a voz e ficar horas dando risada mesmo que não seja alago tão interessante? é ser cúmplice? é chorar de saudades?? é sentir arrepios com o toque do outro? é falar do parceiro para outros com a satisfação explicita?

Simplesmente o amor gira em torno de tudo isso. Ele nos move, ele nos remove, ele nos deixa estagnados, ele nos faz mais homens, mais mulheres, nos faz ser criança e nos faz agir como animais.

Sentir isso é MARAVILHOSO. Quem nunca amou de verdade esta perdendo tempo de viver um dos melhores sentimentos que temos a nos proporcionar.
Por isso digo aos meus amigos e as pessoas que estão perto de mim e que estão começando um relacionamento agora: "viva e se dê oportunidade para as coisas acontecerem". Peço a eles para buscarem a felicidade ao lado do outro e procurar respeitar mesmo com as diferenças existentes. Amar é ser cúmplice; ser sincero; é ajudar; é sentir o outro como sentiríamos a nós mesmo.
POR ISSO AME E DÊ OPORTUNIDADE PARA
QUE ALGUÉM LHE AME, POIS DISSO TUDO
VC TEM A LUCRAR APENAS A FELICIDADE!

3 comentários:

ilona disse...

Uma questão que foi levantada a muitos séculos e que até hoje permanece sem resposta exata e definitiva.
Afinal, o que é o amor?
Como já disse muitas vezes vc escreve muito bem. Com sentimento. Parabéns.
Mas fala como se sofrer por amor fosse bom. Quando é amor de verdade, deve ser sim. mas quem tem a certeza de ama e é recíproco? Se tivéssemos certeza de quando o amor é legítimo, não sofreríamos tanto em busca do mesmo. Não é?

Jeff disse...

Ilona, mais uma vez venho a agradecer suas palavras e a grande contribuição para o blog. O sofrer por amor mesmo quando se não há reciprocidade é "bom" lhe faz crescer como pessoa, lhe faz olhar por uma outra janela os teus limites, ou seja, ele lhe amadurece. Se o seu momento de sofrimento for curto e obtendo um "êxito" no seu relacionamento após o sofrimento, com certeza seras uma nova mulher depois de pensamentos entre choros e tristezas que o tão ruim momento lhe levou a pensar. Quando temos certeza de alguma coisa, não temos o habito de pensar e isso nos faz retroceder (digo em qq esfera). Agora imagina quando se trata de amor... lhe digo uma coisa se vc souber conciliar o pensar e o viver (digo viver cada dia como o último) terás uma boa jornada em teus relacionamentos!

ilona disse...

Poético como sempre Jeff...rsrsrs(vc é um encanto de pessoa).
Sofrer por amor nos faz crescer sim, como pessoas se e somente se, a própria estiver disposta a tal evolução. No entanto, nem toda trasformação tida atraves de um sofrimento por amor é boa. Há sofrimentos que endurecem o coração da gente. Que nos torna mais frios do que gostaríamos,alguns até insensíveis e deseperançados(o que posso dizer ser quase o meu caso)
Uma caminhada em direção ao mais belo romance não é a busca ideal para um só, é uma caminhada para dois, de mãos dadas, que buscam o mesmo amor, a convivência, numa entrega mútua. (questão de matemática) Se um não quer, ou não tem certeza, ou nem está se dando conta do que acontece com o objeto do seu carinho, jamis alcançaram juntos o tão almejado amor. E assim surge o mais dolorido sofrimento por amor.